Como jogar truco? Aprenda as regras!

Descendente da cultura espanhola, o truc, conhecido por nós, brasileiros, como o famigerado truco, é o jogo preferido de muitos amantes de cartas. Passado entre as gerações, o truco é jogado por pessoas de todas as idades e é extremamente popular por ser intenso, divertido e exigir muita astúcia por parte dos jogadores.

Embora o truco seja bastante difundido entre as mais variadas partes do país, possuindo, inclusive, versões diferentes dependendo da região onde é praticado, não é todo mundo que sabe jogá-lo.

Pensando nisso, escrevemos esse texto para você que gostaria de aprender a jogar truco. Para tanto, citamos todas as regras e informações importantes sobre o jogo. Prepare seu baralho e confira!

Regras do Truco

O baralho

No Brasil, estamos acostumados a jogar cartas com o baralho completo, ou seja, com 52 cartas mais os dois coringas. No entanto, como o truco é um jogo que tem suas origens mais prováveis na Espanha, é necessário que sejam retiradas algumas cartas para se adequar ao baralho espanhol.

Dessa forma, o jogo é praticado apenas com 40 cartas do baralho, retirando-se as cartas 8, 9 e 10, além dos coringas.

Ordem de força das cartas

No jogo, algumas cartas são mais fortes que outras, e é isso que garante a supremacia de um jogador sobre o outro com o passar das rodadas.

Existe uma ordem fixa de força, obedecendo a seguinte sequência, independente dos naipes:

3 > 2 > A > K > J > Q > 7 > 6 > 5 > 4.

A Manilha

As manilhas são as cartas mais poderosas do jogo. Elas são delimitadas após o “vira”, a carta que é virada no início de cada turno. Se a carta do “vira” for 5, por exemplo, a manilha será a carta que, em seguida, é a mais forte na sequência do jogo. Neste caso, corresponderia à carta 6.

Para as manilhas do Truco Paulista existe uma ordem de força específica envolvendo os naipes, seguindo esta sequência:

Paus > Copas > Espadas > Ouro.

Existem alguns apelidos às cartas da manilha que foram aderidos ao longo do tempo e são bem comuns hoje em dia. Assim, Paus pode ser chamado de Zap. Copas, de Escopeta. Espadas é conhecida por Espadilha e Ouro, por sua vez, é chamado de Pica-fumo.

Estrutura do Jogo

Preparação

O truco é um jogo, tradicionalmente, para 4 jogadores, embora exista variações. Cada jogador deve receber 3 cartas, sendo que a distribuição é bem planejada: primeiramente, uma das pessoas embaralha as cartas. Então, a que está à esquerda deve fazer o corte e a que está à direita da primeira, fará a distribuição.

Modos de pontuação

Os jogadores são dispostos em duplas, de maneira que cada parceiro fique de frente para o outro. A dupla que chegar a 12 pontos primeiro, vence o jogo.

Para chegar a 12 pontos, a dupla deve vencer os sucessivos turnos do jogo, que valem 1 ponto cada. Um turno corresponde a um conjunto de 3 rodadas, sendo que cada rodada é disputada com uma das cartas na mão. Quem vencer mais rodadas, pontua no turno.

Ao virar-se a carta do meio, fica delimitado qual que será a carta manilha. O jogo segue em sentido horário e, a partir desse momento, cabe aos jogadores da dupla pensarem e trabalharem para que as cartas postas à mesa sejam mais fortes que as de seus adversários. O jogador que tiver a carta mais poderosa da rodada vence.

Empate

Como o turno é dividido em 3 rodadas, em certos momentos pode haver casos de empate. Para isso, existem algumas regras para delimitar quem levará o ponto no final do turno:

  • se a primeira rodada terminar empatada, quem ganhar a segunda, vence;
  • se a segunda rodada ficou empatada, quem ganhou a primeira, sai vitorioso;
  • se as duas primeiras rodadas terminarem empatadas, quem ganhar a terceira, vence as duas primeiras e, assim, o turno;
  • se empatar a terceira, quem empatou a primeira, vence;
  • em caso de empate nas três rodadas, ninguém pontua neste turno.

A hora do Truco

Quando um dos jogadores sente que possui vantagem de acordo com a situação ou com as cartas que possui, ele pode pedir o famoso “Truco!”. O truco é usado para aumentar a pontuação do turno.

Se um turno valia 1 ponto, a partir do truco, vale 3. A dupla adversária pode aceitar o desafio, recusar ou aumentar a aposta. Ao recusar, a dupla desafiada perde 1 ponto, mas em contrapartida, ela pode pedir truco também, aumentando o valor da rodada para 6 pontos. O truco pode ser pedido apenas na vez do jogador, aumentando para 3, 6, 9 ou 12 pontos, progressivamente.

O truco é um artifício que, além de trazer mais intensidade ao jogo, permite o desenvolvimento de técnicas de blefe. Um jogador pode ter uma péssima mão e mesmo assim pedir truco, pois isso enganará os adversários e permitirá uma revira-volta na partida.

Uso de sinais

A dupla pode comunicar-se por sinais durante o jogo para planejar melhor suas jogadas, sem a percepção de seus adversários. Listamos os sinais usados e o significado de cada um:

  1. Piscar: mostra que você possui manilha de Paus
  2. Sobrancelha: indica que você possui manilha de Copas
  3. Bochecha: indica que você possui manilha de Espadas
  4. Língua: mostra que você possui manilha de Ouro

Regras específicas

Carta Coberta

A carta coberta é um artifício utilizado ou como blefe, ou para esconder o seu jogo. Em vez de descartar normalmente uma carta, o jogador pode escolher jogá-la virada para baixo, o que não altera o andamento da partida.

Mão-de-Onze

Quando uma dupla alcança 11 pontos, um parceiro pode olhar a mão do outro. No entanto, a partida já começa valendo 3 pontos.

Mão-de-Ferro

Igual a regra da Mão-de-Onze, mas válida quando ambas as duplas possuem 11 pontos.

Manilha Especial

Quando a carta do “vira” for 3, automaticamente será definido que as manilhas serão as cartas 4.

Diferenças entre Truco Paulista e Mineiro

Existem duas diferenças entre o Truco Paulista e o Truco Mineiro. Elas se referem à contagem de pontos a à fixação das manilhas. No Truco Mineiro, diferentemente do Truco Paulista, cada turno vale 2 pontos, e não 1 ponto. Sendo assim, ao pedir truco, a aposta pode ter 4, 8 e 12 pontos, e não 3, 6, 9 e 12.

Além dessa característica, no Truco Mineiro não existe o “vira” a as manilhas são fixadas da seguinte forma:

4 de Paus > 7 de Copas > Ás de Espadas > 7 de Ouros

No geral, as outras regras valem para os dois tipos de Truco, lembrando que independente do modo de jogo, todo truco é garantia de diversão!

Jogar truco não é só lazer, mas um verdadeiro treinamento mental e uma ótima oportunidade de desenvolver habilidades de raciocínio. Com treinamento e atenção, facilmente você se tornará um expert nesse incrível jogo de cartas.

Gostou do nosso texto? Então não deixe de compartilhar esse post com seus amigos nas redes sociais!

 

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *